Contagem regressiva para implementação do Sistema Nacional de Controle de Medicamentos

14 de dezembro de 2017

Produção nacional de medicamentos já alcança 59% do mercado farmacêutico

De acordo com um dos órgãos reguladores, medicamentos brasileiros já estão na maior parte do mercado farmacêutico

Dados recentemente coletados pela Associação dos Laboratórios Farmacêuticos Nacionais (Alanac), após pesquisas realizadas no mês de agosto, atestaram o crescimento da produção nacional de medicamentos.

De acordo com o órgão, 59% do mercado farmacêutico já é dominado pela produção nacional – que decolou em larga escala desde 2013, quando metade do varejo do setor era formado por produtos estrangeiros.

A escalada da produção nacional tem acontecido de forma progressiva e, por conta disso, exigido políticas de regulação e incentivo. A RDC 157, por exemplo, foi divulgada pela Anvisa ainda em maio com o objetivo de regulamentar a rastreabilidade dos medicamentos.

Recentemente, a Agência divulgou um Guia para ajudar as empresas a implementarem os sistemas de rastreabilidade, dando sequência a consolidação de um Sistema Nacional de Controle de Medicamentos (SNCM).

Diante do grande volume produzido, faz-se necessário uma estrutura de controle mais organizada. As soluções pautadas pela rastreabilidade permitem total controle de estoque, monitorando saídas e entradas dentro da cadeia de suprimentos, além de facilitar o armazenamento e transmissão de dados entre todo os membros da cadeia.

Fale conosco

Mensagem