19 de janeiro de 2018

Pequenas empresas formam maior parte dos laboratórios brasileiros

Levantamento coordenado pela Anvisa revelou que 54,7% dos laboratórios farmacêuticos são de pequeno porte

A Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) divulgou um dado surpreendente no último ano. A maior parte dos laboratórios farmacêuticos brasileiros são constituídos por pequenas empresas. A análise foi fruto de uma contagem publicada ainda no mês de dezembro.

No total, existem 214 empresas produtoras de medicamento no País. De acordo com a pesquisa, 117  delas são formadas por micro, pequenas ou médias empresas que não fazem parte dos maiores conglomerados de poder do setor.

Mesmo sendo maioria, essas pequenas empresas não são representativas em termos de faturamento no setor.  Ainda que correspondam a 54,7% do segmento, as pequenas e médias empresas representaram apenas 5,1% do faturamento do mercado brasileiro de medicamentos no último ano. As informações fazem parte do Anuário Estatístico do Mercado Farmacêutico 2016.

Depois de despertar certa controvérsia entre Anvisa e outras entidades, a discussão em torno da vacinação nas farmácias também teve fim e foi publicada no Anuário. Agora, todas as farmácias e drogarias do País podem oferecer vacinação aos clientes.

Além do Sistema Nacional de Controle de Medicamentos (SNCM) que está atravessando fase de testes coordenada pela Anvisa, o Anuário divulgado pela entidade destacou também os dados obtidos através do Sistema de Acompanhamento do Mercado de Medicamentos (Sammed).

Fale conosco