Contagem regressiva para implementação do Sistema Nacional de Controle de Medicamentos

24 de outubro de 2017

O papel da tecnologia na rastreabilidade e controle das operações

A digitalização em massa de processos para identificação e compartilhamento de dados gerou uma “economia compartilhada” em torno da rastreabilidade

Desde que a RDC 157/2017 foi aprovada pela Anvisa, novos métodos para executar o processo de rastreabilidade têm sido pensados com o avanço da tecnologia nas cadeias produtivas. A identificação e leitura de códigos hoje em dia pode acontecer até mesmo se o leitor estiver a certa distância do objeto. Tudo isso graças às inovações tecnológicas.

Automatizar a gestão de questões tributárias, regulatórias ou até mesmo logísticas do seu negócio pode ampliar a competitividade de determinada operação no mercado, melhorar os índices de produtividade , além de garantir uma maior segurança em todo o controle da operação.

As farmácias e drogarias já seguem o protocolo do Sistema Nacional de Gerenciamento de Produtos Controlados (SNGPC), mas o sistema promete ficar ainda mais complexo a partir da oficialização do Sistema Nacional de Controle de Medicamentos (SNCM), que está em fase de testes e deve entrar em vigor até o próximo ano.

A Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) proclamou recentemente, por meio de seu porta-voz principal – o presidente Jarbas Barbosa, que as entidades regulatórias não deveriam representar um obstáculo à inovação. E é seguindo essa premissa que a Agência pretende monitorar a vacinação nas farmácias, prática liberada recentemente.

A tecnologia dos softwares

Toda a ligação de informações entre o sistema acontece através de um ou mais softwares de apoio responsáveis por armazenar, codificar e transmitir dados ao longo da cadeia.

Os programas compreendem desde a gestão operacional, como a identificação e serialização de caixas e pallets, até a logística, com o intercâmbio de dados através da cadeia de suprimentos e monitoramento rigoroso de todos os eventos de entrada e saída de produtos.

Desta forma, problemas relacionados aos desvios de mercadoria de forma fraudulenta ou vencimento do prazo de validade podem ser previstos com antecedência, o que otimiza o planejamento e melhora, inclusive, a produção.

Se você ficou curioso em conhecer as etapas de implantação de um sistema de rastreabilidade, clique e conheça as soluções R&B Pharma.

Fale conosco

Mensagem