Contagem regressiva para implementação do Sistema Nacional de Controle de Medicamentos

7 de novembro de 2017

Anvisa regulariza produto para tratamento de câncer de pulmão e bexiga

Novo remédio Tecentriq pode ser aplicado aos pacientes que já passaram por sessões de quimioterapia; Anvisa já regularizou a comercialização

Uma nova alternativa para o tratamento de câncer de pulmão e bexiga já está regularizada para ser comercializada. O produto registrado em acordo com a RDC 55/2010, de nome Tecentriq, foi avaliado pela Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) e já está apto a entrar nas cartilhas de tratamento dos pacientes.

A substância ativa no Tecentriq, capaz de frear o avanço do câncer de pulmão e bexiga, é o atezolizumabe, um tipo de proteína capaz de se conectar com as proteínas PD-L1, presentes nas superfícies de muitas células cancerosas, como os casos do carcinoma urotelial (câncer de bexiga) e o câncer de pulmão.

A ação do composto é capaz de inibir o PD-L1, que quando ligado às células cancerígenas, impede o sistema imunológico do corpo de combater as células contaminadas. Com o aumento da capacidade imunológica do corpo, fica mais fácil combater a doença de forma progressiva.

A utilização do medicamento Tecentriq foi recomendada, de acordo com indicação terapêutica, com algumas restrições:

 

  • Carcinoma Urotelial (ou câncer de bexiga) – indicado para pacientes adultos com incidência pontual ou metástase da doença. Tratamento deve ser realizado após as sessões de quimioterapia.

 

  • Câncer de Pulmão de não pequenas células (CPNPC) – também indicado para pacientes adultos, com incidência pontual ou metástase da doença, e com tratamento após a quimioterapia. Neste caso, qualquer mutação do quadro também deve ser tratada nas sessões antes da aplicação do medicamento Tecentriq.

 

Fale conosco

Mensagem