Contagem regressiva para implementação do Sistema Nacional de Controle de Medicamentos

27 de março de 2018

Uso inadequado de medicamentos é a maior causa de intoxicação

Uma pesquisa recentemente divulgada pela Unicamp mostrou que praticamente um terço dos quadros de intoxicação é causado pelo mau uso dos medicamentos.

O uso inadequado dos remédios lidera o ranking de causas de intoxicação, de acordo com o Centro de Informação e Assistência Toxicológica (Ciatox), da Unicamp.

Os registros da instituição apontam que o uso inadequado é responsável por 33,6% dos casos. Dos 5.420 atendimentos realizados ano passado, 1.822 foram motivados por intoxicação medicamentosa.

Como acontece a intoxicação?

Os especialistas alertam: a automedicação segue como principal causa do uso inadequado e, consequentemente, da intoxicação.

Trata-se de um comportamento ainda resistente na sociedade, mas que pode acarretar em muitos prejuízos ao organismo no longo prazo.

O uso inadequado das substâncias ainda pode mascarar os reais sintomas e dificultar o diagnóstico correto por parte do médico. Além disso, a ingestão desregulada de remédios pode prejudicar a saúde do paciente.

As pessoas que têm assistência farmacêutica para aquisição de remédios podem dispor de maior segurança na hora do consumo. Afinal, a distribuição acontece mediante uma avaliação do paciente e diversas recomendações.

Como prevenir?

As parcelas da população mais afetadas pelo uso inadequado são crianças e idosos. No primeiro caso, as crianças podem ingerir medicamentos de forma acidental.

Por isso, aconselha-se manter longe do alcance de crianças qualquer frasco ou cartela de medicamentos.

No caso dos idosos, o alto consumo de medicamentos pode causar uma confusão. Para minimizar a ocorrência, é adequado fazer um controle das medicações ingeridas, o que evita erros.

Ano passado, no estado do Paraná, dados oficiais mostraram que a intoxicação medicamentosa superou os problemas relacionados ao consumo de drogas.

O Conselho Federal de Farmácia já tinha realizado um levantamento que comprovou a alta dos casos por problemas relacionados ao consumo não supervisionado de medicamentos.

Lembre-se: não arrisque sua saúde e consulte um especialista para ingerir os medicamentos da forma mais adequada.

Fale conosco

Mensagem