Contagem regressiva para implementação do Sistema Nacional de Controle de Medicamentos

17 de janeiro de 2019

Reino Unido e UE preparam declaração conjunta para combater a falsificação de medicamentos

Representantes do setor de saúde do Reino Unido falaram sobre a declaração que está sendo elaborada pelos países do reino em conjunto com a União Europeia, o qual abrange compromissos claros sobre saúde pública, incluindo a luta contra medicamentos falsificados.

Impedir que medicamentos falsificados ou fraudulentos entrem na cadeia de fornecimento é o primeiro objetivo da lista de preocupações dos países envolvidos, além de compartilhar dados sobre problemas potenciais com medicamentos, prevenir e controlar doenças infecciosas e garantir o bom suprimento de drogas entre o Reino Unido e a Europa.

“Os negociadores do Brexit têm a oportunidade de tomar decisões que protegerão os pacientes no futuro”, comentou Mike Thompson, diretor executivo da Associação da Indústria Farmacêutica Britânica. “Estamos pedindo para o governo se comprometer em questões de saúde pública e segurança dos medicamentos, que acreditamos ser o mínimo que os pacientes em toda a Europa devem esperar”.

Enquanto isso, o CEO da NHS Confederation, Niall Dickson, disse que deveria ser possível compromissos, porém com ressalvas. “Precisamos de garantias do Reino Unido e das autoridades da UE de que eles colocarão os pacientes em primeiro lugar enquanto negociam os detalhes do relacionamento de longo prazo”, acrescentou.

As informações acima, publicadas no site da Securing Industry, condiz com o atual cenário de saúde pública mundial. O combate a falsificação e contrabando de medicamentos está cada vez mais em pauta nos governos, sendo fundamental que a rastreabilidade faça parte dessa cenário.

A Rastreabilidade Brasil fornece soluções completas a empresas, totalmente integrada com os principais hardwares e softwares de serialização do mercado, clique aqui e confira.

Fale conosco

Mensagem