Contagem regressiva para implementação do Sistema Nacional de Controle de Medicamentos

15 de maio de 2017

Em cinco anos, remédios geram maior intoxicação que drogas no PR

Dados da Secretaria de Estado da Saúde do Paraná mostram que intoxicação por remédios é quatro vezes maior que por drogas desde 2012.

Revelados no início do mês de maio pela Secretaria de Estado da Saúde do Paraná, dados compilados desde 2012 mostram que a intoxicação proveniente por medicamentos é muito maior se comparada aos casos envolvendo o uso de drogas.

Esse tipo de intoxicação lidera o ranking, com 4.053 casos registrados apenas em 2016. As intoxicações pelo uso de drogas (3.956 casos), casos envolvendo produtos químicos (1.834 casos) e agrotóxicos de qualquer natureza (883 casos) também estão na lista.

A maior parte desses casos incide sobre um grupo de risco que varia entre 20 e 49 anos, com pouco mais de 71% das vítimas formadas por mulheres.

Em respeito ao Dia Nacional do Uso Racional de Medicamentos, comemorado no dia 5 de maio, o Departamento de Assistência Farmacêutica da Secretaria de Saúde se manifestou a favor de acompanhamento e aconselhamento rigoroso dos farmacêuticos para prevenirem qualquer problema relacionado à automedicação.

“Muitas vezes um paciente apresenta problemas de saúde menores, que podem ser tratados na farmácia com medicamentos isentos de prescrição médica. O importante é fazer uma avaliação criteriosa do paciente para decidir se o problema pode ser resolvido ou necessita de um encaminhamento médico”, ressaltou a especialista Paula Rossignoli.

Fale conosco

Mensagem